“Fazendo meu Filme 1. A estréia de Fani” – Paula Pimenta

Olá pessoas, tudo bem com vocês?
Muitos pediram, e aqui estou eu para dizer o que achei de “Fazendo meu filme 1 – A estréia de Fani”

_MG_7875

É um livro da autora brasileira Paula Pimenta, do gênero Y.A. A história é narrada em primeira pessoa, pela Fani (personagem principal da narrativa) e se passa em Belo Horizonte.

A nossa personagem principal tem 16 anos e está no segundo ano do ensino médio. Ela é uma personagem bem construída e a autora consegue nos mostrar muito bem o seu universo. Vou confessar que achei a Fani bem chata e exagerada em alguns momentos, tudo na vida dela é muito intenso. Mas isso é bem compreensível, pois a maioria dos adolescentes são bem intensos assim como a Fani. E se a intenção da autora foi passar todo o exagero do universo adolescente, e as confusões dentro da cabeça da Fani, ela conseguiu muito bem.

A Fani tem uma relação bem bacana com seus amigos, mesmo mostrando certa insegurança em confiar nas amigas, podemos perceber que elas estão sempre juntas e se ajudando. E o Léo, seu melhor amigo, é um fofo. Ele é o meu personagem favorito do livro, por saber respeitar, ajudar e ser bem tranquilo. Tenho certeza que ele é um personagem que consegue conquistar todos os leitores.

Gosto muito de como a Fani encara os estudos, podemos perceber que ela é uma aluna muito dedicada, e passa pro leitor a importância de levar os estudos com seriedade. E ela também é uma garota que sai bastante, então ela mostra que é possível se dar bem nos estudos e ao mesmo tempo curtir com os amigos, desde que você saiba separar as coisas e dedicar o tempo certo para cada uma delas.

Sobre a questão familiar, a Fani tem uma família bem bacana, que não briga e parece dar muito apoio a garota. Mas por um lados, achei eles bem liberais considerando que a Fani tem só 16 anos. Não sei se eu achei isso por conta do que eu vivi na minha adolescência. Eu nunca pude ficar até muito tarde fora de casa e ir em baladas e tudo o mais, e sei que muitos com 16 anos podiam.
Mesmo achando um pouco estranho essa liberdade toda, pude perceber o quanto isso é positivo para algumas pessoas, a Fani pode sair e ficar até tarde fora de casa, e não é por isso que ela é irresponsável. Muito pelo contrário, ela se mostra uma adolescente com personalidade, que sabe as consequências das coisas e que tem muito respeito pela família.
Uma outra coisa que percebi, a respeito da influência da família, é de como a Fani começa a encarar as coisas de forma diferente, a partir de uma conversa que tem com a mãe. Não vou dar spoilers, mas ao ler sei que vocês vão perceber. É uma das partes mais bacanas da narrativa. Sobre responsabilidades e escolhas.

Mesmo vivendo em um momento tranquilo de colégio, a Fani começa a ter que tomar algumas decisões. Surge a oportunidade de um intercâmbio, e mesmo não levando muito a sério no início, logo ela se vê completamente envolvida e em dúvida. E mostra para o leitor, de que boa parte da nossa vida, acontece com base nas nossas escolhas.

Ela é apaixonada por cinema, e a editora gutenberg caprichou na edição do livro, que conversa muito bem com essa característica da personagem. Todo capítulo começa com um ícone de rolo de filme e um trecho de um dos filmes favoritos da Fani. O texto é bem diagramado e a capa é bem bonita.

_MG_7878

_MG_7882

Em questão de envolvimento, a Paula Pimenta está de parabéns. A narrativa consegue prender o leitor e deixá-lo curioso. O tempo todo queremos saber o que vai acontecer com a Fani, e se ela vai logo deixar de ser besta e falar o que tem que falar. Mesmo irritando muito, não conseguimos parar de ler. Então acho que a chatice da Fani tem um motivo né? ahahhaha.

“Fazendo meu filme” é um livro leve e rápido de ler, que não nos deixa pensando sobre muita coisa, mas é divertido. E acaba deixando o leitor doido para ler a continuação.

_MG_7877

Pensando na chatice da Fani, mas também em seu lado fofo. Nas questões familiares envolvidas, as reflexóes sobre escolhas e o envolvimento da narrativa, dou 3 nuvens para “Fazendo meu filme 1 – A estréia de Fani” :D

E vocês, já leram? Quais são as suas reflexões sobre a leitura?

Um beijo,

Lu

Anúncios

3 comentários em ““Fazendo meu Filme 1. A estréia de Fani” – Paula Pimenta

  1. Ou luu, então, eu não li esse livro HEHE minhas amigas SEMPREEEE falam que eu tenho que ler ele, mas eu não me interessava, mas agora! Você me deixou MTTTT interessada por essa história! Pretendo ler ainda antes do filme sair! (VC sabe que vai ter filme, ne???) então, é basicamente isso HAHAHA
    Bjss
    ~nati~

  2. Nunca li nada da Paula Pimenta, mas sempre quis ler tanto “fazendo meu filme” como “minha vida fora de série”. Pelo o que vi de fotos os livros são muito bem feitos e com detalhes bem fofos e a história parece aquela história gostosa de se ler que faz a gente se envolver e não pensar em mais nada. Espero ter a oportunidade de ler algum livro dela logo, mas pra quem é leitora sempre tem um monte de livros na lista, né? haha

  3. Hahahahaha Adorei, Lu! A Fani é bem chatinha mesmo, a gente fica querendo brigar com ela o tempo todo por não fazer as coisas direito. E o Léo é um amor <3 Mas mais amor ainda é o Rodrigo em Minha Vida Fora de Série! Assim que puder, leia! Aposto que você vai adorar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s